Paróquia promove Mutirão da Saúde como ação do Dia do Pobre 2018


Como parte das ações pastorais em solidariedade ao “Dia do Pobre”, a Paróquia Santa Inês promoveu neste domingo, dia 11, um Mutirão da Saúde, em parceria com o Lions Club. Cerca de 600 pessoas passaram pelo evento que prestou mais de 8 tipos diferentes de exame, além de atendimentos particulares sobre prevenção contra doenças. Foram oferecidos exames de glicose, IMC, pressão, odontologia, oftalmologia, entre outros.
Luis Fernando dos Santos, Presidente do Lions Clube Leão do Mar, explica que a ação envolveu diversos profissionais da área da saúde, como ortopedistas, enfermeiros, dentistas e voluntários. Luis ainda conta que o mutirão é de grande importância para a instituição, já que reafirma o compromisso que ela tem para com a saúde. “Muitas pessoas acham que cuidamos dessa parte [a saúde] somente nos mutirões, mas nós a trabalhamos diariamente no Clube. A cada mês nós temos uma função muito focada na saúde das pessoas”, completou.
Já para a Paróquia, o evento é uma chance de gerar oportunidade para os mais necessitados. Frei Ladi Antoniazzi, pároco e idealizador desta edição do mutirão, conta que a ideia é inspirar o cuidado de cada um acerca de sua saúde, independentemente de sua condição financeira. “Não basta atingir a pessoa dando comida uma vez ou assistência um dia. Temos que dar a possibilidade que ela cuide da sua saúde e possa viver melhor”. Além disso, segundo o pároco, ações como essa ajudam na autenticidade da fé cristã, pois desenvolvem o trabalho promocional.
Maria Regina Dutra, de 64 anos, esteve no evento e fez exames de pressão, visão e diabetes. Para ela a ideia da ação solidária foi excelente e o atendimento reforçou a importância dos cuidados com a saúde. Maria ainda comenta que nos hospitais existem grandes filas de espera para exames simples, como os que foram ofertados na ocasião, e que promover ações pastorais que previnam doenças é essencial para construir a identidade da Igreja de Cristo.

Dia do Pobre
Criado em 2016 pelo Papa Francisco, o “Dia do Pobre” é uma oportunidade que a Igreja Católica têm de vivenciar novamente as experiências deixadas pelo Ano Santo da Misericórdia, celebrado neste mesmo ano. Sua função é ajudar as comunidades a refletir como a pobreza dita no evangelho está presente no dia de hoje. Neste dia, busca-se compreender e ajudar os mais diversos tipos de pobreza existentes, que vão da material à espiritual. O dia do pobre de 2019 está marcado para o dia 17 de Novembro.

Por Luiz Turati