Catequese celebra a Crisma de 130 adolescentes e adultos

Cerca de 130 adolescentes e adultos receberam o Sacramento da Crisma, o último passo no itinerário de iniciação à vida cristã antes de dar continuidade à vivência em comunidade. Acompanhados de seus padrinhos, os integrantes – que se prepararam para esse momento durante dois anos – confirmaram, diante da comunidade, o seu desejo de serem cristãos autênticos e de colaborarem para a construção do reino de Deus.

Dom Wilson, arcebispo da Arquidiocese de Florianópolis e presidente da celebração, afirma que o momento é extremante significativo, já que foi celebrado durante o mês Missionário Extraordinário no dia de São João XXIII. “Eu desejo que todos estes que receberam o Sacramento da Crisma assumam o testemunho da vida cristã e, sobretudo, encontrem a alegria de viverem a vida cristã”, disse com brilho nos olhos.

Para Juliano Carvalho, um dos crismandos da catequese de adultos, a celebração do sacramento foi importante pois marca um momento especial em sua vida, iniciado há 20 anos atrás com sua primeira comunhão. Agora, ele explica que sua missão irá continuar, pois em breve será padrinho de batismo de um novo membro da igreja e espera poder repassar a ele toda a riqueza que descobriu através da fé.

Já Márcio Heizer, catequista de Juliano, conta que participar do encerramento desse ciclo é motivo de satisfação e de certeza de dever cumprido. “Tentei fazer o melhor é acho que poderia ter feito mais, mas fiz tudo o que estava dentro do meu alcance. […] Deus tem cumulado minha vida de muitas bençãos nessa missão de catequista”, completou.

Assim, a Crisma se torna não apenas o encerramento de um período de estudos e aprofundamento da fé, mas um envio para a missão do dia a dia. E para estes que iniciaram agora seu caminho de discípulos-missionários, fica a mensagem de Santa Paulina, a mulher cheia do Espírito Santo: “Nunca, jamais, desanimeis, embora vejam ventos contrários”!

Por Luiz Turati.

Foto: Catequese