Liturgia Diária

5ª-FEIRA DA 3ª SEMANA - TEMPO COMUM

Quem sou eu, Senhor Deus,
e o que é a minha família?
Leitura do Segundo Livro de Samuel 7, 18-19. 24-29
Depois que Natan falara a Davi, o rei entrou no tabernáculo
foi assentar-se diante do Senhor, e disse: 'Quem sou eu, Senhor Deus, e o que é a minha família, para que me tenhas conduzido até aqui?
Mas, como isto te parecia pouco, Senhor Deus, ainda fizeste promessas à casa do teu servo para um futuro distante. Porque esta é a lei do homem, Senhor Deus!
Estabeleceste o teu povo, Israel, para que ele seja para sempre o teu povo; e tu, Senhor, te tornaste o seu Deus.
Agora, Senhor Deus, cumpre para sempre a promessa que fizeste ao teu servo e à sua casa, e faze como disseste!
Então o teu nome será exaltado para sempre, e dirão: 'O Senhor Todo-poderoso é o Deus de Israel'. E a casa do teu servo Davi permanecerá estável na tua presença.
Pois tu, Senhor Todo-poderoso, Deus de Israel, fizeste esta revelação ao teu servo: 'Eu te construirei uma casa. Por isso o teu servo se animou a dirigir-te esta oração.
Agora, Senhor Deus, tu és Deus e tuas palavras são verdadeiras. Pois que fizeste esta bela promessa ao teu servo,
abençoa, então, a casa do teu servo, para que ela permaneça para sempre na tua presença. Porque és tu, Senhor Deus, que falaste, e é graças à tua bênção que a casa do teu servo será abençoada para sempre'.
Palavra do Senhor.
O Senhor vai dar-lhe o trono de seu pai, o rei Davi.
Recordai-vos, ó Senhor, do rei Davi / e de quanto vos foi ele dedicado; do juramento que ao Senhor havia feito / e de seu voto ao Poderoso de Jacó:
R.
'Não entrarei na minha tenda, minha casa, / nem subirei à minha cama em que repouso, não deixarei adormecerem os meus olhos, / nem cochilarem em descanso minhas pálpebras, até que eu ache um lugar para o Senhor, / uma casa para o Forte de Jacó!'
R.
O Senhor fez a Davi um juramento, / uma promessa que jamais renegará: / 'Um herdeiro que é fruto do teu ventre / colocarei sobre o trono em teu lugar!
R.
Se teus filhos conservarem minha Aliança / e os preceitos que lhes dei a conhecer, / os filhos deles igualmente hão de sentar-se / eternamente sobre o trono que te dei!'
R.
Pois o Senhor quis para si Jerusalém / e a desejou para que fosse sua morada: 'Eis o lugar do meu repouso para sempre, / eu fico aqui: este é o lugar que preferi!'
R.
A lâmpada, traz-se, para ser colocada sôbre o candelabro.
Com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 4, 21-25
Naquele tempo, Jesus disse à multidão:
'Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a coloca num candeeiro?
Assim, tudo o que está escondido deverá tornar-se manifesto, e tudo o que está em segredo deverá ser descoberto.
Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça. '
Jesus dizia ainda: 'Prestai atenção no que ouvis: com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos; e vos será dado ainda mais.
Ao que tem alguma coisa, será dado ainda mais; do que não tem, será tirado até mesmo o que ele tem. '
Palavra da Salvação.

CONVERSÃO DE SÃO PAULO, APÓSTOLO - SANTORAL

Levanta-te, recebe o batismo e purifica-te dos teus pecados,
invocando o nome de Jesus.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 22, 3-16
Naqueles dias, Paulo disse ao povo:
'Eu sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia, mas fui criado aqui nesta cidade. Como discípulo de Gamaliel, fui instruído em todo o rigor da Lei de nossos antepassados, tornando-me zeloso da causa de Deus, como acontece hoje convosco.
Persegui até à morte os que seguiam este Caminho, prendendo homens e mulheres e jogando-os na prisão.
Disso são minhas testemunhas o Sumo Sacerdote e todo o conselho dos anciãos. Eles deram-me cartas de recomendação para os irmãos de Damasco. Fui para lá, a fim de prender todos os que encontrasse e trazê-los para Jerusalém, a fim de serem castigados.
Ora, aconteceu que, na viagem, estando já perto de Damasco, pelo meio dia, de repente uma grande luz que vinha do céu brilhou ao redor de mim. Caí por terra e ouvi uma voz que me dizia: `Saulo, Saulo, por que me persegues?'
Eu perguntei: `Quem és tu, Senhor?'
7Ele me respondeu: `Eu sou Jesus, o Nazareno, a quem tu estás perseguindo'.
9Meus companheiros viram a luz, mas não ouviram a voz que me falava.
Então perguntei: `Que devo fazer, Senhor?' O Senhor me respondeu: `Levanta-te e vai para Damasco. Ali te explicarão tudo o que deves fazer'.
Como eu não podia enxergar, por causa do brilho daquela luz, cheguei a Damasco guiado pela mão dos meus companheiros.
Um certo Ananias, homem piedoso e fiel à Lei, com boa reputação junto de todos os judeus que aí moravam,
veio encontrar-me e disse: `Saulo, meu irmão, recupera a vista!' No mesmo instante, recuperei a vista e pude vê-lo.
Ele, então, me disse: `O Deus de nossos antepassados escolheu-te para conheceres a sua vontade, veres o Justo e ouvires a sua própria voz.
Porque tu serás a sua testemunha diante de todos os homens, daquilo que viste e ouviste.
E agora, o que estás esperando? Levanta-te, recebe o batismo e purifica-te dos teus pecados, invocando o nome dele!''
Palavra do Senhor.
Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.
Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, / povos todos, festejai-o!
R.
Pois comprovado é seu amor para conosco, / para sempre ele é fiel!
R.
Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 16, 15-18
Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos,
e disse-lhes: 'Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!
Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.
Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas;
se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados'.
Palavra da Salvação.