Liturgia Diária

SÁBADO DA 4ª SEMANA - TEMPO COMUM

Dá, ao teu servo, um coração compreensivo,
capaz de governar o teu povo
Leitura do Primeiro Livro dos Reis 3, 4-13
Naqueles dias:
O rei Salomão foi a Gabaon para oferecer um sacrifício, porque esse era o lugar alto mais importante. Salomão ofereceu mil holocaustos naquele altar.
Em Gabaon o Senhor apareceu a Salomão, em sonho, durante a noite, e lhe disse: 'Pede o que desejas e eu to darei'.
Salomão respondeu: 'Tu mostraste grande benevolência para com teu servo Davi, meu pai, porque ele andou na tua presença com sinceridade, justiça e retidão de coração para contigo. Tu lhe conservaste esta grande benevolência, e lhe deste um filho que hoje ocupa o seu trono.
Portanto, Senhor meu Deus, tu fizeste reinar o teu servo em lugar de Davi, meu pai. Mas eu não passo de um adolescente, que não sabe ainda como governar.
Além disso, teu servo está no meio do teu povo eleito, povo tão numeroso que não se pode contar ou calcular.
Dá, pois, ao teu servo, um coração compreensivo, capaz de governar o teu povo e de discernir entre o bem e o mal. Do contrário, quem poderá governar este teu povo tão numeroso?'
Esta oração de Salomão agradou ao Senhor.
E Deus disse a Salomão: 'Já que pediste estes dons e não pediste para ti longos anos de vida, nem riquezas, nem a morte de teus inimigos, mas sim sabedoria para praticar a justiça,
vou satisfazer o teu pedido; dou-te um coração sábio e inteligente, como nunca houve outro igual antes de ti, nem haverá depois de ti.
Mas dou-te também o que não pediste, tanta riqueza e tanta glória como jamais haverá entre os reis, durante toda a tua vida.
Palavra do Senhor.
Ó Senhor, ensinai-me os vossos mandamentos!
Como um jovem poderá ter vida pura? / Observando, ó Senhor, vossa palavra.
R.
De todo o coração eu vos procuro, / não deixeis que eu abandone a vossa lei!
R.
Conservei no coração vossas palavras, / a fim de eu não peque contra vós.
R.
Ó Senhor, vós sois bendito para sempre; / os vossos mandamentos ensinai-me!
R.
Com meus lábios, ó Senhor, eu enumero / os decretos que ditou a vossa boca.
R.
Seguindo vossa lei me rejubilo / muito mais do que em todas as riquezas.
R.
Eram como ovelhas sem pastor.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 6, 30-34
Naquele tempo:
Os apóstolos reuniram-se com Jesus e contaram tudo o que haviam feito e ensinado.
Ele lhes disse: 'Vinde sozinhos para um lugar deserto, e descansai um pouco'. Havia, de fato, tanta gente chegando e saindo que não tinham tempo nem para comer.
Então foram sozinhos, de barco, para um lugar deserto e afastado.
Muitos os viram partir e reconheceram que eram eles. Saindo de todas as cidades, correram a pé, e chegaram lá antes deles.
Ao desembarcar, Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor. Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas.
Palavra da Salvação.

SÃO BRÁS, BISPO E MÁRTIR - SANTORAL

Nós nos gloriamos também de nossas tribulações.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 5, 1-5
Irmãos:
Justificados pela fé, estamos em paz com Deus, pela mediação do Senhor nosso, Jesus Cristo.
Por ele tivemos acesso, pela fé, a esta graça, na qual estamos firmes e nos gloriamos, na esperança da glória de Deus.
E não só isso, pois nos gloriamos também de nossas tribulações, sabendo que a tribulação gera a constância,
a constância leva a uma virtude provada, a virtude provada desabrocha em esperança;
e a esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.
Palavra do Senhor.
Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, Pois comprovado é seu amor para conosco, R.
Foi levado ao céu e sentou-se à direita de Deus
+ Conclusão do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 16, 15-20
Naquele tempo: Jesus se manifestou aos onze discípulos,
e disse-lhes: 'Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!
Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.
Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas;
se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados'.
Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus.
Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.
Palavra da Salvação.