Liturgia Diária

SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE - TEMPO COMUM

O Senhor é o Deus lá em cima no céu
e cá embaixo na terra, e não há outro além dele
Leitura do Livro do Deuteronômio 4, 32-34. 39-40
Moisés falou ao povo dizendo:
Interroga os tempos antigos que te precederam, desde o dia em que Deus criou o homem sobre a terra, e investiga de um extremo ao outro dos céus, se houve jamais um acontecimento tão grande, ou se ouviu algo semelhante.
Existe, porventura, algum povo que tenha ouvido a voz de Deus falando-lhe do meio do fogo, como tu ouviste, e tenha permanecido vivo?
Ou terá jamais algum Deus vindo escolher para si um povo entre as nações, por meio de provações, de sinais e prodígios, por meio de combates, com mão forte e braço estendido, e por meio de grandes terrores, como tudo o que por ti o Senhor vosso Deus fez no Egito, diante de teus próprios olhos?
Reconhece, pois, hoje, e grava-o em teu coração, que o Senhor é o Deus lá em cima do céu e cá embaixo na terra, e que não há outro além dele.
Guarda suas leis e seus mandamentos que hoje te prescrevo, para que sejas feliz, tu e teus filhos depois de ti, e vivas longos dias sobre a terra que o Senhor teu Deus te vai dar para sempre.
Palavra do Senhor.
Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança.
Reta é a palavra do Senhor, / e tudo o que ele faz merece fé. Deus ama o direito e a justiça, / transborda em toda a terra a sua graça.
R.
A palavra do Senhor criou os céus, / e o sopro de seus lábios, as estrelas. Ele falou e toda a terra foi criada, / ele ordenou e as coisas todas existiram.
R.
Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem, / e que confiam esperando em seu amor, para da morte libertar as suas vidas / e alimentá-los quando é tempo de penúria.
R.
No Senhor nós esperamos confiantes, / porque ele é nosso auxílio e proteção!Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, / da mesma forma que em vós nós esperamos!
R.
Recebestes um espírito de filhos, no
qual todos nós clamamos: Abá - ó Pai!
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8, 14-17
Irmãos:
Todos aqueles que se deixam conduzir pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.
De fato, vós não recebestes um espírito de escravos, para recairdes no medo, mas recebestes um espírito de filhos adotivos, no qual todos nós clamamos: Abá - ó Pai!
O próprio Espírito se une ao nosso espírito para nos atestar que somos filhos de Deus.
E, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se realmente sofremos com ele, é para sermos também glorificados com ele.
Palavra do Senhor.
Toda a autoridade me foi dada
no céu e sobre a terra.
Conclusão do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 28, 16-20
Naquele tempo:
Os onze discípulos foram para a Galiléia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado.
Quando viram Jesus, prostraram-se diante dele. Ainda assim alguns duvidaram.
Então Jesus aproximou-se e falou: 'Toda a autoridade me foi dada no céu e sobre a terra.
Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,
e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei! Eis que eu estarei convosco todos os dias, até ao fim do mundo'.
Palavra da Salvação.

SANTO AGOSTINHO DE CANTUÁRIA, BISPO - SANTORAL

Desejávamos dar-vos não somente o evangelho de Deus,
mas até, a própria vida.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses 2, 2b-8
Irmãos:
Encontramos em Deus a coragem de vos anunciar o evangelho, em meio a grandes lutas.
A nossa exortação não se baseia no erro, na ambigüidade ou no desejo de enganar.
Ao contrário, uma vez que Deus nos achou dignos para que nos confiasse o evangelho, falamos não para agradar aos homens, mas a Deus, que examina os nossos corações.
Bem sabeis que nunca usamos palavras de adulação, nem procedemos movidos por disfarçada ganância. Deus é testemunha disso.
E também não procuramos elogios humanos, nem da parte de vós, nem de outros,
embora pudéssemos fazer valer a nossa autoridade de apóstolos de Cristo. Foi com muita ternura que nos apresentamos a vós, como uma mãe que acalenta os seus filhinhos.
Tanto bem vos queríamos, que desejávamos dar-vos não somente o evangelho de Deus, mas até, a própria vida; a tal ponto chegou a nossa afeição por vós.
Palavra do Senhor.
Anunciai entre as nações os grandes feitos do Senhor!
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome!
R.
Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, / e entre os povos do universo seus prodígios!
R.
Ó família das nações, dai ao Senhor, / ó nações, dai ao Senhor poder e glória, / 8adai-lhe a glória que é devida ao seu nome!
R.
Publicai entre as nações: 'Reina o Senhor! / Ele firmou o universo inabalável, / e os povos ele julga com justiça.
R.
A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9, 35-38
Naquele tempo,
Jesus percorria todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, e curando todo tipo de doença e enfermidade.
Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse a seus discípulos:
'A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.
Pedi pois ao dono da messe que envie trabalhadores para a sua colheita!'
Palavra da Salvação.