Liturgia Diária

4ª-FEIRA DA 12ª SEMANA - TEMPO COMUM

O rei leu diante do povo o conteúdo do livro
da Aliança que tinha sido achado na casa do Senhor;
e concluiu a aliança diante do Senhor.
Leitura do Segundo Livro dos Reis 22, 8-13; 23, 1-3
Naqueles dias:
O sumo-sacerdote Helcias disse ao secretário Safã: 'Achei o livro da Lei na casa do Senhor!' Helcias deu o livro a Safã, que também o leu.
Então o secretário Safã foi à presença do rei e fez-lhe um relatório nestes termos: 'Os teus servos juntaram o dinheiro que se achou no templo e entregaram-no aos empreiteiros encarregados do templo do Senhor'.
Em seguida, o secretário Safã comunicou ao rei: 'O sacerdote Helcias entregou-me um livro'. E Safã leu-o diante do rei.
Ao ouvir as palavras do livro da Lei. o rei rasgou as suas vestes.
E ordenou ao sacerdote Helcias, a Aicam, filho de Safã, a Acobor, filho de Miquéias, ao secretário Safã e a Asaías, ministro do rei:
'Ide e consultai o Senhor a meu respeito, a respeito do povo e de todo o Judá, sobre as palavras deste livro que foi encontrado. Grande deve ser a ira do Senhor que se inflamou contra nós, porque nossos pais não obedeceram às palavras deste livro, nem puseram em prática tudo o que nos fora prescrito'.
Então o rei mandou que se apresentassem diante dele todos os anciãos de Judá e de Jerusalém.
E subiu ao templo do Senhor com todos os homens de Judá e todos os habitantes de Jerusalém, os sacerdotes, os profetas e todo o povo, do maior ao menor. Leu diante deles todo o conteúdo do livro da Aliança que tinha sido achado na casa do Senhor.
De pé, sobre o seu estrado, o rei concluiu a aliança diante do Senhor, obrigando-se a seguir o Senhor e a observar seus mandamentos, preceitos e decretos, de todo o seu coração e de toda a sua alma, cumprindo as palavras da Aliança escritas naquele livro. E todo o povo aderiu à Aliança.
Palavra do Senhor.
Ensinai-me a viver vossos preceitos, ó Senhor!
Ensinai-me a viver vossos preceitos; / quero guardá-los fielmente até o fim!
R.
Dai-me o saber, e cumprirei a vossa lei, / e de todo o coração a guardarei.
R.
Guiai meus passos no caminho que traçastes, / pois só nele encontrarei felicidade.
R.
Inclinai meu coração às vossas leis, / e nunca ao dinheiro e à avareza.
R.
Desviai o meu olhar das coisas vós, / dai-me a vida pelos vossos mandamentos!
R.
Como anseio pelos vossos mandamentos! / Dai-me a vida, ó Senhor, porque sois justo!
R.
Pelos seus frutos vós os conhecereis.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 7, 15-20
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Cuidado com os falsos profetas: Eles vêm até vós vestidos com peles de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes.
Vós os conhecereis pelos seus frutos. Por acaso se colhem uvas de espinheiros ou figos de urtigas?
Assim, toda árvore boa produz frutos bons, e toda árvore má, produz frutos maus.
Uma árvore boa não pode dar frutos maus, nem uma árvore má pode produzir frutos bons.
Toda árvore que não dá bons frutos é cortada e jogada no fogo.
Portanto, pelos seus frutos vós os conhecereis.
Palavra da Salvação.

SÃO CIRILO DE ALEXANDRIA, BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

Desempenha o teu serviço de pregador do evangelho,
e cumpre com perfeição o teu ministério.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo 4, 1-5
Caríssimo:
Diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de vir a julgar os vivos e os mortos, e em virtude da sua manifestação gloriosa e do seu Reino, eu te peço com insistência:
proclama a palavra, insiste oportuna ou importunamente, argumenta, repreende, aconselha, com toda a paciência e doutrina.
Pois vai chegar o tempo em que não suportarão a só doutrina, mas, com o prurido da curiosidade nos ouvidos, se rodearão de mestres ao sabor de seus próprios caprichos.
E assim, deixando de ouvir a verdade, se desviarão para as fábulas.
Tu, porém, mostra vigilância em tudo, suporta o sofrimento, desempenha o teu serviço de pregador do evangelho, cumpre com perfeição o teu ministério. Sê sóbrio.
Palavra do Senhor.
Ó Senhor, eu cantarei eternamente vosso amor.
Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, / de geração em geração eu cantarei vossa verdade!Porque dissestes: 'O amor é garantido para sempre!' / E a vossa lealdade é tão firme como os céus.
R.
'Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, / e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, / de geração em geração garantirei o teu reinado!'
R.
Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor, / e o ungi, para ser rei, com meu óleo consagrado. Estará sempre com ele minha mão onipotente, / e meu braço poderoso há de ser a sua força.
R.
Minha verdade e meu amor estarão sempre com ele, / sua força e seu poder por meu nome crescerão. Ele, então, me invocará: `Ó Senhor, vós sois meu Pai, / sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação'!
R.
Vós sois a luz do mundo.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5, 13-19
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte.
Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa.
Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.
Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento.
Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra.
Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus'.
Palavra da Salvação.