Liturgia Diária

5ª-FEIRA DA 23ª SEMANA - TEMPO COMUM

Pecando contra os irmãos
e ferindo a consciência deles, que é fraca,
é contra Cristo que pecais.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 8, 1b-7. 11-13
Irmãos:
O conhecimento incha, a caridade é que constrói.
Se alguém acha que conhece bem alguma coisa, ainda não sabe como deveria saber.
Mas se alguém ama a Deus, ele é conhecido por Deus!
Quanto ao comer as carnes de animais sacrificados aos ídolos, nós sabemos que um ídolo não é nada no mundo, e que Deus é um só.
É verdade que alguns são chamados deuses, no ceú ou na terra, e muita gente pensa que existem muitos deuses e muitos senhores.
Para nós, porém, existe um só Deus, o Pai, de quem vêm todos os seres e para quem nós existimos. E, ainda, para nós, existe um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual tudo existe, e nós também existimos por ele.
Mas nem todos têm esse conhecimento. De fato, alguns habituados, até ao presente, ao culto dos ídolos, comem da carne dos sacrifícios, como se ela fosse mesmo oferecida aos ídolos. E assim, a sua consciência, que é fraca, fica manchada.
E então, por causa do teu conhecimento, perece o fraco, o irmão pelo qual Cristo morreu.
Pecando, assim, contra os irmãos e ferindo a consciência deles, que é fraca, é contra Cristo que pecais.
Por isso, se um alimento é ocasião de queda para meu irmão, nunca mais comerei carne, para não escandalizar meu irmão.
Palavra do Senhor.
Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!
Senhor, vós me sondais e conheceis, sabeis quando me sento ou me levanto; / de longe penetrais meus pensamentos, percebeis quando me deito e quando eu ando, / os meus caminhos vos são todos conhecidos.
R.
Fostes vós que me formastes as entranhas, / e no seio de minha mãe vós me tecestes. Eu vos louvo e vos dou graças, ó Senhor, / porque de modo admirável me formastes! Que prodígio e maravilha as vossas obras!
R.
Senhor, sondai-me, conhecei meu coração, / examinai-me e provai meus pensamentos!Vede bem se não estou no mau caminho, / e conduzi-me no caminho para a vida!
R.
Sede misericordiosos, como também
o vosso Pai é misericordioso.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 6, 27-38
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
A vós que me escutais, eu digo: Amai os vossos inimigos e fazei o bem aos que vos odeiam,
bendizei os que vos amaldiçoam, e rezai por aqueles que vos caluniam.
Se alguém te der uma bofetada numa face, oferece também a outra. Se alguém te tomar o manto, deixa-o levar também a túnica.
Dá a quem te pedir e, se alguém tirar o que é teu, não peças que o devolva.
O que vós desejais que os outros vos façam, fazei-o também vós a eles.
Se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Até os pecadores amam aqueles que os amam.
E se fazeis o bem somente aos que vos fazem o bem, que recompensa tereis? Até os pecadores fazem assim.
E se emprestais somente àqueles de quem esperais receber, que recompensa tereis? Até os pecadores emprestam aos pecadores, para receber de volta a mesma quantia.
Ao contrário, amai os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai sem esperar coisa alguma em troca. Então, a vossa recompensa será grande, e sereis filhos do Altíssimo, porque Deus é bondoso também para com os ingratos e os maus.
Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso.
Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados.
Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos. '
Palavra da Salvação.

SÃO JOÃO CRISÓSTOMO, BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

Foi Cristo quem instituiu alguns como apóstolos,
outros como evangelistas.
Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 4, 1-7. 11-13
Irmãos:
Eu, prisioneiro no Senhor, vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes:
Com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor.
Aplicai-vos a guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz.
Há um só Corpo e um só Espírito, como também é uma só a esperança à qual fostes chamados.
Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo,
um só Deus e Pai de todos, que reina sobre todos, age por meio de todos e permanece em todos.
Cada um de nós recebeu a graça na medida em que Cristo lha deu.
E foi ele quem instituiu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros ainda como evangelistas, outros, enfim, como pastores e mestres.
Assim, ele capacitou os santos para o ministério, para edificar o corpo de Cristo,
até que cheguemos todos juntos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homem perfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude.
Palavra do Senhor.
Eis que venho fazer com prazer a vossa vontade, Senhor!
Esperando, esperei no Senhor, / e inclinando-se, ouviu meu clamor. Canto novo ele pôs em meus lábios, um poema em louvor ao Senho
R.
Sacrifício e oblação não quisestes, / mas abristes, Senhor, meus ouvidos; / não pedistes ofertas nem vítimas, / holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: 'Eis que venho!'
R.
Sobre mim está escrito no livro: 'Com prazer faço a vossa vontade, / guardo em meu coração vossa lei!'
R.
Boas-novas de vossa justiça / anunciei numa grande assembléia; / vós sabeis: não fechei os meus lábios!
R.
O semeador saiu a semear.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 4, 1-10. 13-20
Naquele tempo,
Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galiléia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes:
'Escutai! O semeador saiu a semear.
Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram.
Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda,
mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou.
Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto.
Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um'.
E Jesus dizia: 'Quem tem ouvidos para ouvir, ouça'.
Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas.
E lhes disse: 'Vós não compreendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas?
O semeador semeia a Palavra.
Os que estão à beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada.
Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria,
mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem.
Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra;
mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto.
Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom, são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um'.
Palavra da Salvação.