Liturgia Diária

6ª-FEIRA DA 26ª SEMANA - TEMPO COMUM

Alguma vez na vida indicaste à aurora o seu lugar?
Chegaste perto das nascentes do Mar?
Leitura do Livro de Jó 38, 1. 12-21; 40, 3-5
O Senhor respondeu a Jó, do meio da tempestade, e disse:
Alguma vez na vida deste ordens à manhã, ou indicaste à aurora o seu lugar,
para que ela apanhe a terra pelos quatro cantos, e sejam dela sacudidos os malfeitores?
A terra torna argila compacta, e tudo se apresenta em trajes de gala,
mas recusa-se a luz aos malfeitores e quebra-se o braço rebelde.
Chegaste perto das nascentes do Mar, ou pousaste no fundo do Oceano?
Foram-te franqueadas as portas da Morte, ou viste os portais das Sombras?
Examinaste a extensão da Terra? Conta-me, se sabes tudo isso!
Qual é o caminho para a morada da luz, e onde fica o lugar das trevas?
Poderias alcançá-las em seu domínio e reconhecer o acesso à sua morada?
Deverias sabê-lo, pois já tinhas nascido e grande é o número dos teus anos!
Jó respondeu ao Senhor, dizendo:
'Fui precipitado. Que te posso responder? Porei minha mão sobre a boca.
Falei uma vez, não replicarei; uma segunda vez, mas não falarei mais'.
Palavra do Senhor.
Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!
Senhor, vós me sondais e conheceis, sabeis quando me sento ou me levanto; / de longe penetrais meus pensamentos, percebeis quando me deito e quando eu ando, / os meus caminhos vos são todos conhecidos.
R.
Em que lugar me ocultarei de vosso espírito? / E para onde fugirei de vossa face?Se eu subir até os céus, ali estais; / se eu descer até o abismo, estais presente.
R.
Se a aurora me emprestar as suas asas, / para eu voar e habitar no fim dos mares; mesmo lá vai me guiar a vossa mão / e segurar-me com firmeza a vossa destra.
R.
Fostes vós que me formastes as entranhas, / e no seio de minha mãe vós me tecestes. Eu vos louvo e vos dou graças, ó Senhor, / porque de modo admirável me formastes! / Que prodígio e maravilha as vossas obras!
R.
Quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 10, 13-16
Naquele tempo, disse Jesus:
Ai de ti, Corazim! Aí de ti, Betsaida! Porque se em Tiro e Sidônia tivessem sido realizados os milagres que foram feitos no vosso meio, há muito tempo teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e sentando-se sobre cinzas.
Pois bem: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia terão uma sentença menos dura do que vós.
Ai de ti, Cafarnaum! Serás elevada até o céu? Não, tu serás atirada no inferno.
Quem vos escuta, a mim escuta; e quem vos rejeita, a mim despreza; mas quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou.
Palavra da Salvação.

SÃO BENEDITO, O NEGRO, RELIGIOSO - SANTORAL

Deus escolheu o que o mundo considera como estúpido.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1, 26-31
Irmãos, considerai vós mesmos, como fostes chamados por Deus. Pois entre vós não há muitos sábios de sabedoria humana nem muitos poderosos nem muitos nobres.
Na verdade, Deus escolheu o que o mundo considera como estúpido, para assim confundir os sábios; Deus escolheu o que o mundo considera como fraco, para assim confundir o que é forte;
Deus escolheu o que para o mundo é sem importância e desprezado, o que não tem nenhuma serventia, para assim mostrar a inutilidade do que é considerado importante,
para que ninguém possa gloriar-se diante dele.
É graças a ele que vós estais em Cristo Jesus, o qual se tornou para nós, da parte de Deus: sabedoria, justiça, santificação e libertação,
para que, como está escrito, 'quem se gloria, glorie-se no Senhor'.
Palavra do Senhor.
Senhor, sois a porção da minha herança e do meu cálice.
Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: 'Somente vós sois meu Senhor; Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, / meu destino está seguro em vossas mãos!
R.
Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, / e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, / pois se o tenho a meu lado não vacilo.
R.
Vós me ensinais vosso caminho para a vida; / junto a vós, felicidade sem limites, / delícia eterna e alegria ao vosso lado!
R.
Eu sou manso e humilde de coração.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 11, 25-30
Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer:
'Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos.
Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.
Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
Palavra da Salvação.