Liturgia Diária

6ª-FEIRA DA 27ª SEMANA - TEMPO COMUM

Os crentes são abençoados. com o crente Abraão.
Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas 3, 7-14
Irmãos:
ficai pois cientes que os que crêem é que são verdadeiros filhos de Abraão.
E a Escritura, prevendo que Deus justificaria as nações pagãs pela fé, anunciou, muito antes, a Abraão: 'em ti serão abençoadas todas as nações'.
Portanto, os crentes são abençoados com o crente Abraão.
Aliás, todos os que põem sua confiança na prática da Lei estão ameaçados pela maldição, porque está escrito: 'Maldito quem não cumprir perseverantemente tudo o que está escrito no livro da Lei'.
Pela Lei ninguém se justifica perante Deus, isso é evidente porque o justo vive da fé.
E a Lei não se funda na fé mas no cumprimento: Aquele que cumpre a Lei, por ela viverá.
Cristo resgatou-nos da maldição da Lei, fazendo-se maldição por nós, pois está escrito: Maldito todo aquele que é suspenso no madeiro.
Assim a bênção de Abraão se estendeu aos pagãos em Cristo Jesus e pela fé recebemos a promessa do Espírito.
Palavra do Senhor.
O Senhor se lembra sempre da Aliança!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Eu agradeço a Deus de todo o coração / junto com todos os seus justos reunidos!Que grandiosas são as obras do Senhor, / elas merecem todo o amor e admiração!
R.
Que beleza e esplendor são os seus feitos! / Sua justiça permanece eternamente!O Senhor bom e clemente nos deixou / a lembrança de suas grandes maravilhas.
R.
Ele dá o alimento aos que o temem / e jamais esquecerá sua Aliança. o seu povo manifesta seu poder, / dando a ele a herança das nações.
R.
Se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios,
então chegou para vós o Reino de Deus.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11, 15-26
Naquele tempo, Jesus estava expulsando um demônio:
Mas alguns disseram: 'É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa os demônios. '
Outros, para tentar Jesus, pediam-lhe um sinal do céu.
Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes: 'Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra.
Ora, se até Satanás está dividido contra si mesmo, como poderá sobreviver o seu reino? Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios.
Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios, vossos filhos os expulsam por meio de quem? Por isso, eles mesmos serão vossos juízes.
Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então chegou para vós o Reino de Deus.
Quando um homem forte e bem armado guarda a própria casa, seus bens estão seguros.
Mas, quando chega um homem mais forte do que ele, vence-o, arranca-lhe a armadura na qual ele confiava, e reparte o que roubou.
Quem não está comigo, está contra mim. E quem não recolhe comigo, dispersa.
Quando o espírito mau sai de um homem, fica vagando em lugares desertos, à procura de repouso; não o encontrando, ele diz: 'Vou voltar para minha casa de onde saí'.
Quando ele chega, encontra a casa varrida e arrumada.
Então ele vai, e traz consigo outros sete espíritos piores do que ele. E, entrando, instalam-se aí. No fim, esse homem fica em condição pior do que antes. '
Palavra da Salvação.

NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA - SANTORAL

Concede-me a vida do meu povo - eis o meu desejo!
Leitura do Livro de Ester 5, 1b-2; 7, 2b-3
Ester revestiu-se com vestes de rainha e foi colocar-se no vestíbulo interno do palácio real, frente à residência do rei. O rei estava sentado no trono real, na sala do trono, frente à entrada.
Ao ver a rainha Ester parada no vestíbulo, olhou para ela com agrado e estendeu-lhe o cetro de ouro que tinha na mão, e Ester aproximou-se para tocar a ponta do cetro.
Então, o rei lhe disse: 'O que me pedes, Ester; o que queres que eu faça? Ainda que me pedisses a metade do meu reino, ela te seria concedida'.
Ester respondeu-lhe: 'Se ganhei as tuas boas graças, ó rei, e se for de teu agrado, concede-me a vida - eis o meu pedido! - e a vida do meu povo - eis o meu desejo!
Palavra do Senhor.
Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: que o Rei se encante com vossa beleza!
Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: / 'Esquecei vosso povo e a casa paterna! Que o Rei se encante com vossa beleza!
R.
Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor! O povo de Tiro vos traz seus presentes, / os grandes do povo vos pedem favores.
R.
Majestosa, a princesa real vem chegando, / vestida de ricos brocados de ouro, Em vestes vistosas ao Rei se dirige,
R.
e as virgens amigas lhe formam cortejo, entre cantos de festa e com grande alegria, / ingressam, então, no palácio real'.
R.
Um grande sinal apareceu no céu.
Leitura do Livro do Apocalipse de São João 12, 1. 5. 13a. 15-16a
Apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas.
E ela deu à luz um filho homem, que veio para governar todas as nações com cetro de ferro. Mas o filho foi levado para junto de Deus e do seu trono.
Quando viu que tinha sido expulso para a terra, o dragão começou a perseguir a mulher que tinha dado à luz o menino.
A serpente, então, vomitou como um rio de água atrás da mulher, a fim de a submergir.
A terra, porém, veio em socorro da mulher.
Palavra do Senhor.
Fazei o que ele vos disser.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 2, 1-11
Naquele tempo:
Houve um casamento em Caná da Galiléia. A mãe de Jesus estava presente.
Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento.
Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: 'Eles não têm mais vinho'.
'Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou. '
Sua mãe disse aos que estavam servindo: 'Fazei o que ele vos disser'.
Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros.
Jesus disse aos que estavam servindo: 'Enchei as talhas de água'. Encheram-nas até a boca.
Jesus disse: 'Agora tirai e levai ao mestre-sala'. E eles levaram.
O mestre-sala experimentou a água, que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.
O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: 'Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora!'
Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galiléia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.
Palavra da Salvação.