Liturgia Diária

6ª-FEIRA DA 31ª SEMANA - TEMPO COMUM

Que alegria, quando me disseram: Vamos à casa Senhor!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Que alegria, quando ouvi que me disseram: / 'Vamos à casa do Senhor!'E agora nossos pés já se detêm, / Jerusalém, em tuas portas.
R.
Jerusalém, cidade bem edificada / num conjunto harmonioso; para lá sobem as tribos de Israel, / as tribos do Senhor.
R.
Para louvar, segundo a lei de Israel, / o nome do Senhor. A sede da justiça lá está / e o trono de Davi.
R.
Cristo transformará o nosso corpo e o
tornará semelhante ao seu corpo glorioso.
Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses 3, 17 -4, 1
Sede meus imitadores, irmãos e observai os que vivem de acordo com o exemplo que nós damos.
Já vos disse muitas vezes, e agora o repito, chorando: há muitos por aí que se comportam como inimigos da cruz de Cristo.
O fim deles é a perdição, o deus deles é o estômago, a glória deles está no que é vergonhoso e só pensam nas coisas terrenas.
Nós, porém, somos cidadãos do céu. De lá aguardamos o nosso Salvador, o Senhor, Jesus Cristo.
Ele transformará o nosso corpo humilhado e o tornará semelhante ao seu corpo glorioso, com o poder que tem de sujeitar a si todas as coisas.
Assim, meus irmãos, a quem quero bem e dos quais sinto saudade, minha alegria, minha coroa, meus amigos, continuai firmes no Senhor.
Palavra do Senhor.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 16, 1-8
Naquele tempo:
Jesus disse aos discípulos: 'Um homem rico tinha um administrador que foi acusado de esbanjar os seus bens.
Ele o chamou e lhe disse: 'Que é isto que ouço a teu respeito? Presta contas da tua administração, pois já não podes mais administrar meus bens'.
O administrador então começou a refletir: 'O senhor vai me tirar a administração. Que vou fazer? Para cavar, não tenho forças; de mendigar, tenho vergonha.
Ah! Já sei o que fazer, para que alguém me receba em sua casa quando eu for afastado da administração'.
Então ele chamou cada um dos que estavam devendo ao seu patrão. E perguntou ao primeiro: 'Quanto deves ao meu patrão?'
Ele respondeu: 'Cem barris de óleo!' O administrador disse: 'Pega a tua conta, senta-te, depressa, e escreve cinqüenta!'
Depois ele perguntou a outro: 'E tu, quanto deves?' Ele respondeu: 'Cem medidas de trigo'. O administrador disse: 'Pega tua conta e escreve oitenta'.
E o senhor elogiou o administrador desonesto, porque ele agiu com esperteza. Com efeito, os filhos deste mundo são mais espertos em seus negócios do que os filhos da luz.
Palavra da Salvação.

DEDICAÇÃO DA BASÍLICA DO LATRÃO - SANTORAL

Vós sois o santuário de Deus.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 3, 9c-11. 16-17
Irmãos:
Vós sois construção de Deus.
Segundo a graça que Deus me deu, eu coloquei - como experiente mestre de obra - o alicerce, sobre o qual outros se põem a construir. Mas cada qual veja bem como está construindo.
De fato, ninguém pode colocar outro alicerce diferente do que está aí, já colocado: Jesus Cristo.
Acaso não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus mora em vós?
Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá, pois o santuário de Deus é santo, e vós sois esse santuário.
Palavra do Senhor.
Os braços de um rio vêm trazer alegria à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.
O Senhor para nós é refúgio e vigor, / sempre pronto, mostrou-se um socorro na angústia; assim não tememos, se a terra estremece, / se os montes desabam, caindo nos mares.
R.
Os braços de um rio vêm trazer alegria / à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo. Quem a pode abalar? Deus está no seu meio! / Já bem antes da aurora, ele vem ajudá-la.
R.
Conosco está o Senhor do universo! / O nosso refúgio é o Deus de Jacó! / 9Vinde ver, contemplai os prodígios de Deus / e a obra estupenda que fez no universo: / reprime as guerras na face da terra.
R.
Jesus estava falando do Templo do seu corpo.
+ Leitura do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 2, 13-22
Estava próxima a Páscoa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém.
No Templo, encontrou os vendedores de bois, ovelhas e pombas e os cambistas que estavam aí sentados.
Fez então um chicote de cordas e expulsou todos do Templo, junto com as ovelhas e os bois; espalhou as moedas e derrubou as mesas dos cambistas.
E disse aos que vendiam pombas: 'Tirai isto daqui! Não façais da casa de meu Pai uma casa de comércio!'
Seus discípulos lembraram-se, mais tarde, que a Escritura diz: 'O zelo por tua casa me consumirá'.
Então os judeus perguntaram a Jesus: 'Que sinal nos mostras para agir assim?'
Ele respondeu: 'Destruí, este Templo, e em três dias o levantarei'.
Os judeus disseram: 'Quarenta e seis anos foram precisos para a construção deste santuário e tu o levantarás em três dias?'
Mas Jesus estava falando do Templo do seu corpo.
Quando Jesus ressuscitou, os discípulos lembraram-se do que ele tinha dito e acreditaram na Escritura e na palavra dele.
Palavra da Salvação.