Liturgia Diária

6ª-FEIRA DA 33ª SEMANA - TEMPO COMUM

Peguei o livrinho e comi-o.
Leitura do Livro do Apocalipse de São João 10, 8-11
Aquela mesma voz do céu, que eu, João, já tinha ouvido, tornou a falar comigo: 'Vai. Pega o livrinho aberto da mão do anjo que está de pé sobre o mar e a terra. '
Eu fui até ao anjo e pedi que me entregasse o livrinho. Ele me falou: 'Pega e come. Será amargo no estômago, mas na tua boca, será doce como mel'.
Peguei da mão do anjo o livrinho e comi-o. Na boca era doce como mel, mas quando o engoli, meu estômago tornou-se amargo.
Então ele me disse: 'Deves profetizar ainda contra outros povos e nações, línguas e reis'.
Palavra do Senhor.
Como é doce ao paladar vossa palavra, ó Senhor!
Seguindo vossa lei me rejubilo / muito mais do que em todas as riquezas.
R.
Minha alegria é a vossa Aliança, / meus conselheiros são os vossos mandamentos.
R.
A lei de vossa boca, para mim, / vale mais do que milhões em ouro e prata.
R.
Como é doce ao paladar vossa palavra, / muito mais doce do que o mel na minha boca!
R.
Vossa palavra é minha herança para sempre, / porque ela é que me alegra o coração!
R.
Abro a boca e aspiro largamente, / pois estou ávido de vossos mandamentos.
R.
Fizestes da casa de Deus um antro de ladrões.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 19, 45-48
Naquele tempo:
Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os vendedores.
E disse: 'Está escrito: 'Minha casa será casa de oração'. No entanto, vós fizestes dela um antro de ladrões. '
Jesus ensinava todos os dias no Templo. Os sumos sacerdotes, os mestres da Lei e os notáveis do povo procuravam modo de matá-lo.
Mas não sabiam o que fazer, porque o povo todo ficava fascinado quando ouvia Jesus falar.
Palavra da Salvação.

SÃO CLEMENTE I, PAPA E MÁRTIR - SANTORAL

Todos os confins da terra hão de ver
a salvação que vem do nosso Deus.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 52, 7-10
Como são belos, andando sobre os montes, os pés de quem anuncia e prega a paz, de quem anuncia o bem e prega a salvação, e diz a Sião: 'Reina teu Deus!'
Ouve-se a voz de teus vigias, eles levantam a voz, estão exultantes de alegria, sabem que verão com os próprios olhos o Senhor voltar a Sião.
Alegrai-vos e exultai ao mesmo tempo, ó ruínas de Jerusalém, o Senhor consolou seu povo e resgatou Jerusalém.
O Senhor desnudou seu santo braço aos olhos de todas as nações; todos os confins da terra hão de ver a salvação que vem do nosso Deus.
Palavra do Senhor.
Anunciai entre as nações os grandes feitos do Senhor!
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome!
R.
Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, / e entre os povos do universo seus prodígios!
R.
Ó família das nações, dai ao Senhor, / ó nações, dai ao Senhor poder e glória, / 8adai-lhe a glória que é devida ao seu nome!
R.
Publicai entre as nações: 'Reina o Senhor! / Ele firmou o universo inabalável, / e os povos ele julga com justiça.
R.
Eu te seguirei para onde quer que fores.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9, 57-62
Naquele tempo:
Enquanto estavam caminhando, alguém na estrada disse a Jesus: 'Eu te seguirei para onde quer que fores. '
Jesus lhe respondeu: 'As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça. '
Jesus disse a outro: 'Segue-me. ' Este respondeu: 'Deixa-me primeiro ir enterrar meu pai. '
Jesus respondeu: 'Deixa que os mortos enterrem os seus mortos; mas tu, vai anunciar o Reino de Deus. '
Um outro ainda lhe disse: 'Eu te seguirei, Senhor, mas deixa-me primeiro despedir-me dos meus familiares. '
Jesus, porém, respondeu-lhe: 'Quem põe a mão no arado e olha para trás, não está apto para o Reino de Deus. '
Palavra da Salvação.