Liturgia Diária

2ª-FEIRA DEPOIS DA EPIFANIA - NATAL

Examinai os espíritos para ver se são de Deus
Leitura da Primeira Carta de São João 3, 22 - 4, 6
Caríssimos:
Qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado.
Este é o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, de acordo com o mandamento que ele nos deu.
Quem guarda os seus mandamentos permanece com Deus e Deus permanece com ele. Que ele permanece conosco, sabemo-lo pelo Espírito que ele nos deu.
Caríssimos, não acrediteis em qualquer espírito, mas examinai os espíritos para ver se são de Deus, pois muitos falsos profetas vieram ao mundo.
Este é o critério para saber se uma inspiração vem de Deus: todo espírito que leva a professar que Jesus Cristo veio na carne é de Deus;
e todo espírito que não professa a fé em Jesus não é de Deus; é o espírito do Anticristo. Ouvistes dizer que o Anticristo virá; pois bem, ele já está no mundo.
Filhinhos, vós sois de Deus e vós vencestes o Anticristo. Pois convosco está quem é maior do que aquele que está no mundo.
Os vossos adversários são do mundo; por isso, agem conforme o mundo, e o mundo lhes presta ouvidos.
Nós somos de Deus. Quem conhece a Deus, escuta-nos; quem não é de Deus não nos escuta. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.
Palavra do Senhor.
Eu te darei por tua herança os povos todos.
O decreto do Senhor promulgarei, / foi assim que me falou o Senhor Deus: / 'Tu és meu Filho, e eu hoje te gerei!Podes pedir-me, e em resposta eu te darei / por tua herança os povos todos e as nações, / e há de ser a terra inteira o teu domínio.
R.
E agora, poderosos, entendei; / soberanos, aprendei esta lição: Com temor servi a Deus, rendei-lhe glória / e prestai-lhe homenagem com respeito!
R.
O Reino dos Céus está próximo.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 4, 12-17. 23-25
Naquele tempo:
Ao saber que João tinha sido preso, Jesus voltou para a Galiléia.
Deixou Nazaré e foi morar em Cafarnaum, que fica às margens do mar da Galiléia,
no território de Zabulon e Neftali, para se cumprir o que foi dito pelo profeta Isaías:
'Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região do outro lado do rio Jordão, Galiléia dos pagãos!
O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; e para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz. '
Daí em diante, Jesus começou a pregar, dizendo: 'Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo. '
Jesus andava por toda a Galiléia, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todo tipo de doença e enfermidade do povo.
E sua fama espalhou-se por toda a Síria. Levavam-lhe todos os doentes, que sofriam diversas enfermidades e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos. E Jesus os curava.
Numerosas multidões o seguiam, vindas da Galiléia, da Decápole, de Jerusalém, da Judéia, e da região além do Jordão.
Palavra da Salvação.

SÃO RAIMUNDO DE PENYAFORT, PRESBÍTERO - SANTORAL

Cristo confiou-nos o ministério da reconciliação.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 5, 14-20
Irmãos:
O amor de Cristo nos pressiona, pois julgamos que um só morreu por todos, e que, logo, todos morreram.
De fato, Cristo morreu por todos, para que os vivos não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.
Assim, doravante, não conhecemos ninguém conforme a natureza humana. E, se uma vez conhecemos Cristo segundo a carne, agora já não o conhecemos assim.
Portanto, se alguém está em Cristo, é uma criatura nova. O mundo velho desapareceu. Tudo agora é novo.
E tudo vem de Deus, que, por Cristo, nos reconciliou consigo e nos confiou o ministério da reconciliação.
Com efeito, em Cristo, Deus reconciliou o mundo consigo, não imputando aos homens as suas faltas e colocando em nós a palavra da reconciliação.
Somos, pois, embaixadores de Cristo, e é Deus mesmo que exorta através de nós. Em nome de Cristo, nós vos suplicamos: deixai-vos reconciliar com Deus.
Palavra do Senhor.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, / e todo o meu ser, seu santo nome!Bendize, ó minha alma, ao Senhor, / não te esqueças de nenhum de seus favores!
R.
Pois ele te perdoa toda culpa, / e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida / e te cerca de carinho e compaixão.
R.
O Senhor é indulgente, é favorável, / é paciente, é bondoso e compassivo. Não fica sempre repetindo as suas queixas, / nem guarda eternamente o seu ranco
R.
Como um pai se compadece de seus filhos, / o Senhor tem compaixão dos que o temem. Porque sabe de que barro somos feitos, / e se lembra que apenas somos pó.
R.
Mas o amor do Senhor Deus por quem o teme / é de sempre e perdura para sempre; / e também sua justiça se estende / por gerações até os filhos de seus filhos, aos que guardam fielmente sua Aliança.
R.
Vós também ficai preparados!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12, 35-40
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas.
Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater.
Felizes os empregados que o senhor encontrar acordados quando chegar. Em verdade eu vos digo: Ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa e, passando, os servirá.
E caso ele chegue à meia-noite ou às três da madrugada, felizes serão, se assim os encontrar!
Mas ficai certos: se o dono da casa soubesse a hora em que o ladrão iria chegar, não deixaria que arrombasse a sua casa.
Vós também ficai preparados! Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que menos o esperardes'.
Palavra da Salvação.