Liturgia Diária

2ª-FEIRA DA 2ª SEMANA - QUARESMA

Pecamos, temos praticado a injustiça e a impiedade.
Leitura da Profecia de Daniel 9, 4b-10
'Eu te suplico, Senhor, Deus grande e terrível, que preservas a aliança e a benevolência aos que te amam e cumprem teus mandamentos;
temos pecado, temos praticado a injustiça e a impiedade, temos sido rebeldes, afastando-nos de teus mandamentos e de tua lei;
não temos prestado ouvidos a teus servos, os profetas, que, em teu nome, falaram a nossos reis e príncipes, a nossos antepassados e a todo o povo do país.
A ti, Senhor, convém a justiça; e a nós, hoje, resta-nos ter vergonha no rosto: seja ao homem de Judá, aos habitantes de Jerusalém e a todo Israel, seja aos que moram perto e aos que moram longe, de todos os países, para onde os escorraçaste por causa das infidelidades cometidas contra ti.
A nós, Senhor, resta-nos ter vergonha no rosto: a nossos reis e príncipes, e a nossos antepassados, pois que pecamos contra ti;
mas a ti, Senhor, nosso Deus, cabe misericórdia e perdão, pois nos temos rebelado contra ti,
e não ouvimos a voz do Senhor, nosso Deus, indicando-nos o caminho de sua lei, que nos propôs mediante seus servos, os profetas.
Palavra do Senhor.
O Senhor não nos trata como exigem nossas faltas.
Não lembreis as nossas culpas do passado, / mas venha logo sobre nós vossa bondade, / pois estamos humilhados em extremo.
R.
Ajudai-nos, nosso Deus e Salvador! / Por vosso nome e vossa glória, libertai-nos! / Por vosso nome, perdoai nossos pecados!
R.
Até vós chegue o gemido dos cativos: / libertai com vosso braço poderoso / os que foram condenados a morrer!
R.
Quanto a nós, vosso rebanho e vosso povo, / celebraremos vosso nome para sempre, / de geração em geração vos louvaremos.
R.
Perdoai e sereis perdoados.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6, 36-38
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso.
Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados.
Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos. '
Palavra da Salvação.

SÃO CIRILO DE JERUSALÉM, BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

Esta é a vitória que venceu o mundo: a nossa fé.
Leitura da Primeira Carta de São João 5, 1-5
Caríssimos:
Todo o que crê que Jesus é o Cristo, nasceu de Deus, e quem ama aquele que gerou alguém, amará também aquele que dele nasceu.
Podemos saber que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos.
Pois isto é amar a Deus: observar os seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados,
pois todo o que nasceu de Deus vence o mundo. E esta é a vitória que venceu o mundo: a nossa fé.
Quem é o vencedor do mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?
Palavra do Senhor.
Os julgamentos do Senhor são corretos e justos igualmente.
Ou: Senhor, tuas palavras são espírito, são vida!
A lei do Senhor Deus é perfeita, / conforto para a alma! / O testemunho do Senhor é fiel, / sabedoria dos humildes.
R.
Os preceitos do Senhor são precisos, / alegria ao coração. / O mandamento do Senhor é brilhante, / para os olhos é uma luz.
R.
É puro o temor do Senhor, / imutável para sempre. / Os julgamentos do Senhor são corretos / e justos igualmente.
R.
Mais desejáveis do que o ouro são eles, / do que o ouro refinado. / Suas palavras são mais doces que o mel, / que o mel que sai dos favos.
R.
Quem permanecer em mim, e eu
nele, produz muito fruto
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 15, 1-8
Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos:
'Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor.
Todo ramo que em mim não dá fruto ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto ainda.
Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei.
Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto, se não permanecerdes em mim.
Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permaneceu em mim, e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.
Quem não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados.
Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedí o que quiserdes e vós será dado.
Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos.
Palavra da Salvação.