Liturgia Diária

5ª-FEIRA DA 17ª SEMANA - TEMPO COMUM

A nuvem cobriu a Tenda da Reunião
e a glória do Senhor encheu o santuário.
Leitura do Livro do Êxodo 40, 16-21. 34-38
Naqueles dias:
Moisés fez tudo o que o Senhor lhe havia ordenado.
No primeiro mês do segundo ano, no primeiro dia do mês, o santuário foi levantado.
Moisés levantou o santuário, colocou as bases e as tábuas, assentou as vigas e ergueu as colunas.
Estendeu a tenda sobre o santuário, pondo em cima a cobertura da tenda, como o Senhor lhe havia mandado.
Depois, tomando o documento da aliança, depositou-o dentro da arca e colocou sobre ela o propiciatório.
E, introduzindo a arca no santuário, pendurou diante dela o véu de proteção, como o Senhor tinha prescrito a Moisés.
Então a nuvem cobriu a Tenda da Reunião e a glória do Senhor encheu o santuário.
Moisés não podia entrar na Tenda da Reunião, porque a nuvem permanecia sobre ela, e a glória do Senhor tomava todo o santuário.
Em todas as etapas da viagem, sempre que a nuvem se elevava de cima do santuário, os filhos de Israel punham-se a caminho;
e nunca partiam antes que a nuvem se levantasse.
Pois, de dia, a nuvem do Senhor repousava sobre o santuário, e de noite aparecia sobre ela um fogo, que todos os filhos de Israel viam, em todas as suas etapas.
Palavra do Senhor.
Quão amável, ó Senhor, é vossa casa!
Minha alma desfalece de saudades / e anseia pelos átrios do Senhor! / Meu coração e minha carne rejubilam / e exultam de alegria no Deus vivo!
R.
Mesmo o pardal encontra abrigo em vossa casa, / e a andorinha ali prepara o seu ninho, / para nele seus filhotes colocar: / vossos altares, ó Senhor Deus do universo! / vossos altares, ó meu Rei e meu Senhor!
R.
Felizes os que habitam vossa casa; / para sempre haverão de vos louvar!Felizes os que em vós têm sua força, Caminharão com um ardor sempre crescente.
R.
Na verdade, um só dia em vosso templo / vale mais do que milhares fora dele! / Prefiro estar no limiar de vossa casa, / a hospedar-me na mansão dos pecadores!
R.
Recolhem os peixes bons em cestos
e jogam fora os que não prestam.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 13, 47-53
Naquele tempo, disse Jesus à multidão:
O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo.
Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam.
Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos,
e lançarão os maus na fornalha de fogo. E ai, haverá choro e ranger de dentes.
Compreendestes tudo isso?' Eles responderam: 'Sim. '
Então Jesus acrescentou: 'Assim, pois, todo mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas. '
Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali.
Palavra da Salvação.

SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO, BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

A lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristo
te libertou da lei do pecado e da morte.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8, 1-4
Irmãos:
Não há mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus.
Pois a lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristo te libertou da lei do pecado e da morte.
Com efeito, aquilo que era impossível para a Lei, já que ela estava enfraquecida pela carne, Deus o realizou; tendo enviado seu próprio Filho numa condição semelhante àquela da humanidade pecadora, e por causa justamente do pecado, condenou o pecado em nossa condição humana,
para que toda a justiça exigida pela Lei seja cumprida em nós que não procedemos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Palavra do Senhor,
Ó Senhor, ensinai-me os vossos mandamentos!
Como um jovem poderá ter vida pura? / Observando, ó Senhor, vossa palavra.
R.
De todo o coração eu vos procuro, / não deixeis que eu abandone a vossa lei!
R.
Conservei no coração vossas palavras, / a fim de eu não peque contra vós.
R.
Ó Senhor, vós sois bendito para sempre; / os vossos mandamentos ensinai-me!
R.
Com meus lábios, ó Senhor, eu enumero / os decretos que ditou a vossa boca.
R.
Seguindo vossa lei me rejubilo / muito mais do que em todas as riquezas.
R.
Vós sois a luz do mundo.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5, 13-19
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte.
Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa.
Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.
Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento.
Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra.
Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus'.
Palavra da Salvação.