Liturgia Diária

5ª-FEIRA DA 5ª SEMANA - QUARESMA

Farei de ti o pai de uma multidão de nações.
Leitura do Livro do Gênesis 17, 3-9
Naqueles dias:
Abrão prostrou-se com o rosto por terra.
E Deus lhe disse: 'Eis a minha aliança contigo: tu serás pai de uma multidão de nações.
Já não te chamarás Abrão, mas o teu nome será Abraão, porque farei de ti o pai de uma multidão de nações.
Farei crescer tua descendência infinitamente. Farei nascer de ti nações, e reis sairão de ti.
Estabelecerei minha aliança entre mim e ti e teus descendentes para sempre; uma aliança eterna, para que eu seja teu Deus e o Deus de teus descendentes.
A ti e aos teus descendentes darei a terra em que vives como estrangeiro, todo o país de Canaã como propriedade para sempre. E eu serei o Deus dos teus descendentes'.
Deus disse a Abraão: 'Guarda a minha aliança, tu e a tua descendência para sempre.
Palavra do Senhor.
O Senhor se lembra sempre da Aliança!
Procurai o Senhor Deus e seu poder, / buscai constantemente a sua face!Lembrai as maravilhas que ele fez, / seus prodígios e as palavras de seus lábios!
R.
Descendentes de Abraão, seu servidor, / e filhos de Jacó, seu escolhido, ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus, / vigoram suas leis em toda a terra.
R.
Ele sempre se recorda da Aliança, / promulgada a incontáveis gerações; da Aliança que ele fez com Abraão, / e do seu santo juramento a Isaac.
R.
Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 8, 51-59
Naquele tempo, disse Jesus aos judeus:
Em verdade, em verdade, eu vos digo: se alguém guardar a minha palavra, jamais verá a morte. '
Disseram então os judeus: 'Agora sabemos que tens um demônio. Abraão morreu e os profetas também, e tu dizes: 'Se alguém guardar a minha palavra jamais verá a morte'.
Acaso és maior do que nosso pai Abraão, que morreu, como também os profetas? Quem pretendes tu ser?'
Jesus respondeu: 'Se me glorifico a mim mesmo, minha glória não vale nada. Quem me glorifica é o meu Pai, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus.
No entanto, não o conheceis. Mas eu o conheço e, se dissesse que não o conheço, seria um mentiroso, como vós! Mas eu o conheço e guardo a sua palavra.
Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia; ele o viu, e alegrou-se. '
Os judeus disseram-lhe então: 'Nem sequer cinqüenta anos tens , e viste Abraão!'
Jesus respondeu: 'Em verdade, em verdade vos digo, antes que Abraão existisse, eu sou'.
Então eles pegaram em pedras para apedrejar Jesus, mas ele escondeu-se e saiu do Templo.
Palavra da Salvação.

SÃO FRANCISCO DE PAULA, EREMITA - SANTORAL

Eu perdi tudo, para ganhar Cristo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses 3, 8-14
Irmãos:
Considero tudo como perda diante da vantagem suprema que consiste em conhecer a Cristo Jesus, meu Senhor. Por causa dele eu perdi tudo. Considero tudo como lixo, para ganhar Cristo e ser encontrado unido a ele,
não com minha justiça provindo da Lei, mas com a justiça por meio da fé em Cristo, a justiça que vem de Deus, na base da fé.
Esta consiste em conhecer a Cristo, experimentar a força da sua ressurreição, ficar em comunhão com os seus sofrimentos, tornando-me semelhante a ele na sua morte,
para ver se alcanço a ressurreição dentre os mortos.
Não que já tenha recebido tudo isso, ou que já seja perfeito. Mas corro para alcançá-lo, visto que já fui alcançado por Cristo Jesus.
Irmãos, eu não julgo já tê-lo alcançado. Uma coisa, porém, eu faço: esquecendo o que fica para trás, eu me lanço para o que está na frente.
Corro direto para a meta, rumo ao prêmio, que, do alto, Deus me chama a receber em Cristo Jesus.
Palavra do Senhor.
Senhor, sois a porção da minha herança e do meu cálice.
Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: 'Somente vós sois meu Senhor'; Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, / Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, / e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, / pois se o tenho a meu lado não vacilo.
R.
Vós me ensinais vosso caminho para a vida; / junto a vós, felicidade sem limites, /
Foi do agrado do Pai dar a vós o Reino.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12, 32-34
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Não tenhais medo, pequenino rebanho, pois foi do agrado do Pai dar a vós o Reino.
Vendei vossos bens e dai esmola. Fazei bolsas que não se estraguem, um tesouro no céu que não se acabe; ali o ladrão não chega nem a traça corrói.
Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração'.
Palavra da Salvação.