Liturgia Diária

4ª-FEIRA DA 3ª SEMANA - PÁSCOA

Iam por toda a parte, pregando a Palavra.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 8, 1b-8
Naquele dia começou uma grande perseguição contra a Igreja de Jerusalém. E todos, com exceção dos apóstolos, se dispersaram pelas regiões da Judéia e da Samaria.
Algumas pessoas piedosas sepultaram Estêvão e observaram grande luto por causa dele.
Saulo, porém, devastava a Igreja: entrava nas casas e arrastava para fora homens e mulheres, para atirá-los na prisão.
Entretanto, aqueles que se tinham dispersado iam por toda a parte, pregando a Palavra.
Filipe desceu a uma cidade da Samaria e anunciou-lhes o Cristo.
As multidões seguiam com atenção as coisas que Filipe dizia. E todos unânimes o escutavam, pois viam os milagres que ele fazia.
De muitos possessos saíam os espíritos maus, dando grandes gritos. Numerosos paralíticos e aleijados também foram curados.
Era grande a alegria naquela cidade.
Palavra do Senhor.
Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira.
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, cantai salmos a seu nome glorioso, / dai a Deus a mais sublime louvação! Dizei a Deus: 'Como são grandes vossas obras!
R.
Toda a terra vos adore com respeito / e proclame o louvor de vosso nome!'Vinde ver todas as obras do Senhor: / seus prodígios estupendos entre os homens!
R.
O mar ele mudou em terra firme, / e passaram pelo rio a pé enxuto. / Exultemos de alegria no Senhor! Ele domina para sempre com poder!
R.
Esta é a vontade do meu Pai:
toda pessoa que vê o Filho tenha a vida eterna.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 6, 35-40
Naquele tempo, disse Jesus à multidão:
'Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede.
Eu, porém, vos disse que vós me vistes, mas não acreditais.
Todos os que o Pai me confia virão a mim, e quando vierem, não os afastarei.
Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.
E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas os ressuscite no último dia.
Pois esta é a vontade do meu Pai: que toda pessoa que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna. E eu o ressuscitarei no último dia. '
Palavra da Salvação.

SANTA CATARINA DE SENA, VIRGEM E DOUTORA DA IGREJA - SANTORAL

O sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado.
Leitura da Primeira Carta de São João 1, 5-2, 2
Caríssimos:
A mensagem, que ouvimos de Jesus Cristo e vos anunciamos, é esta: Deus é luz e nele não há trevas.
Se dissermos que estamos em comunhão com ele, mas andamos nas trevas, estamos mentindo e não nos guiamos pela verdade.
Mas, se andamos na luz, como ele está na luz, então estamos em comunhão uns com os outros, e o sangue de seu Filho Jesus nos purifica de todo pecado.
Se dissermos que não temos pecado, estamo-nos enganando a nós mesmos, e a verdade não está dentro de nós.
Se reconhecermos nossos pecados, então Deus se mostra fiel e justo, para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda culpa.
Se dissermos que nunca pecamos, fazemos dele um mentiroso e sua palavra não está dentro de nós.
Meus filhinhos, escrevo isto para que não pequeis. No entanto, se alguém pecar, temos junto do Pai um Defensor: Jesus Cristo, o Justo.
Ele é a vítima de expiação pelos nossos pecados, e não só pelos nossos, mas também pelos pecados do mundo inteiro.
Palavra do Senhor.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, / e todo o meu ser, seu santo nome!Bendize, ó minha alma, ao Senhor, / não te esqueças de nenhum de seus favores!
R.
Pois ele te perdoa toda culpa, / e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida / e te cerca de carinho e compaixão.
R.
O Senhor é indulgente, é favorável, / é paciente, é bondoso e compassivo. Não fica sempre repetindo as suas queixas, / nem guarda eternamente o seu ranco
R.
Como um pai se compadece de seus filhos, / o Senhor tem compaixão dos que o temem. Porque sabe de que barro somos feitos, / e se lembra que apenas somos pó.
R.
Mas o amor do Senhor Deus por quem o teme / é de sempre e perdura para sempre; / e também sua justiça se estende / por gerações até os filhos de seus filhos, aos que guardam fielmente sua Aliança.
R.
Eu sou manso e humilde de coração.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 11, 25-30
Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer:
'Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos.
Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.
Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
Palavra da Salvação.