Liturgia Diária

SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO - TEMPO COMUM

Deu-te um alimento, que nem
tu nem teus pais conhecíeis.
Leitura do Livro do Deuteronômio 8, 2-3. 14b-16a
Moisés falou ao povo, dizendo:
Lembra-te de todo o caminho por onde o Senhor teu Deus te conduziu, esses quarenta anos, no deserto, para te humilhar e te pôr à prova, para saber o que tinhas no teu coração, e para ver se observarias ou não seus mandamentos.
Ele te humilhou, fazendo-te passar fome e alimentando-te com o maná que nem tu nem teus pais conheciam, para te mostrar que nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca do Senhor.
Não te esqueças do Senhor teu Deus que te fez sair do Egito da casa da escravidão,
e que foi teu guia no vasto e terrível deserto, onde havia serpentes abrasadoras, escorpiões, e uma terra árida e sem água nenhuma. Foi ele que fez jorrar água para ti da pedra duríssima,
e te alimentou no deserto com maná, que teus pais não conheciam.
Palavra do Senhor.
Glorifica o Senhor, Jerusalém; celebra teu Deus, ó Sião!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Glorifica o Senhor, Jerusalém! / ӂ Sião, canta louvores ao teu Deus!Pois reforçou com segurança as tuas portas, / e os teus filhos em teu seio abençoou.
R.
A paz em teus limites garantiu / e te dá como alimento a flor do trigo. Ele envia suas ordens para a terra, / e a palavra que ele diz corre veloz.
R.
Anuncia a Jacó sua palavra, / seus preceitos suas leis a Israel. Nenhum povo recebeu tanto carinho, / a nenhum outro revelou os seus preceitos.
R.
Uma vez que há um só pão, nós,
embora muitos, somos um só corpo.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 10, 16-17
Irmãos:
O cálice da bênção, o cálice que abençoamos, não é comunhão com o sangue de Cristo? E o pão que partimos, não é comunhão com o corpo de Cristo?
Porque há um só pão, nós todos somos um só corpo, pois todos participamos desse único pão.
Palavra do Senhor.
Minha carne é verdadeira comida
e o meu sangue, verdadeira bebida.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 6, 51-58
Naquele tempo: disse Jesus às multidões dos judeus:
'Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo'.
Os judeus discutiam entre si, dizendo: 'Como é que ele pode dar a sua carne a comer?'
Então Jesus disse: 'Em verdade, em verdade vos digo, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós.
Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.
Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida.
Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.
Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim o que me come viverá por causa de mim.
Este é o pão que desceu do céu. Não é como aquele que os vossos pais comeram. Eles morreram. Aquele que come este pão viverá para sempre. '
Palavra da Salvação.

SÃO BARNABÉ, APÓSTOLO - SANTORAL

Barnabé era um homem bom,
cheio do Espírito Santo e de fé.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 11, 21b-26; 13, 1-3
Naqueles dias,
Muitas pessoas acreditaram no Evangelho e se converteram ao Senhor.
A notícia chegou aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém. Então enviaram Barnabé até Antioquia.
Quando Barnabé chegou e viu a graça que Deus havia concedido, ficou muito alegre e exortou a todos para que permanecessem fiéis ao Senhor, com firmeza de coração.
É que ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão aderiu ao Senhor.
Então Barnabé partiu para Tarso, à procura de Saulo.
Tendo encontrado Saulo, levou-o a Antioquia. Passaram um ano inteiro trabalhando juntos naquela Igreja, e instruíram uma numerosa multidão. Em Antioquia os discípulos foram, pela primeira vez, chamados com o nome de cristãos.
Na igreja de Antioquia, havia profetas e doutores. Eram eles: Barnabé, Simeão, chamado o Negro, Lúcio de Cirene, Manaém, que fora criado junto com Herodes, e Saulo.
Um dia, enquanto celebravam a liturgia, em honra do Senhor, e jejuavam, o Espírito Santo disse: 'Separai para mim Barnabé e Saulo, a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os chamei'.
Então eles jejuaram e rezaram, impuseram as mãos sobre Barnabé e Saulo, e deixaram-nos partir.
Palavra do Senhor.
O Senhor fez conhecer seu poder salvador perante as nações.
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / porque ele fez prodígios! / Sua mão e o seu braço forte e santo / alcançaram-lhe a vitória.
R.
O Senhor fez conhecer a salvação, / e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel.
R.
Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, / alegrai-vos e exultai!
R.
Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa / e da cítara suave!Aclamai, com os clarins e as trombetas, / ao Senhor, o nosso Rei!
R.
De graça recebestes, de graça deveis dar!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 10, 7-13
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Em vosso caminho, anunciai: `O Reino dos Céus está próximo'.
Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar!
Não leveis ouro nem prata nem dinheiro nos vossos cintos;
nem sacola para o caminho, nem duas túnicas nem sandálias nem bastão, porque o operário tem direito ao seu sustento.
Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes, informai-vos para saber quem ali seja digno. Hospedai-vos com ele até a vossa partida.
Ao entrardes numa casa, saudai-a.
Se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz.
Palavra da Salvação.