Liturgia Diária

2ª-FEIRA DA 12ª SEMANA - TEMPO COMUM

O Senhor rejeitou Israel para longe da sua face,
restando apenas a tribo de Judá.
Leitura do Segundo Livro dos Reis 17, 5-8. 13-15a. 18
Naqueles dias:
Salmanasar, rei da Assíria invadiu todo o país. E, chegando a Samaria, sitiou-a durante três anos.
No nono ano de Oséias, o rei da Assíria tomou Samaria e deportou os habitantes de Israel para a Assíria, estabelecendo-os em Hala e nas margens do Habor, rio de Gozã, e nas cidades da Média.
Isto aconteceu porque os filhos de Israel pecaram contra o Senhor, seu Deus, que os tinha tirado do Egito, libertando-os da opressão do Faraó, rei do Egito, porque tinham adorado outros deuses.
Eles seguiram os costumes dos povos que o Senhor havia expulsado diante deles, e as leis introduzidas pelos reis de Israel.
O Senhor tinha advertido seriamente Israel e Judá por meio de todos os profetas e videntes, dizendo: 'Voltai dos vossos maus caminhos e observai meus mandamentos e preceitos, conforme todas as leis que prescrevi a vossos pais e que vos comuniquei por intermédio de meus servos, os profetas'.
Eles, porém, não prestaram ouvidos, mostrando-se tão obstinados como seus pais, que não tinham acreditado no Senhor, seu Deus.
Desprezaram as suas leis e a aliança que tinha feito com seus pais, e os testemunhos com que os havia garantido.
O Senhor indignou-se profundamente contra os filhos de Israel e rejeitou-os para longe da sua face, restando apenas a tribo de Judá.
Palavra do Senhor.
Vossa mão nos ajude, ouvi-nos Senhor!
Rejeitastes, ó Deus, vosso povo / e arrasastes as nossas fileiras; / vós estáveis irado: voltai-vos!
R.
Abalastes, partistes a terra, / reparai suas brechas, pois treme. Duramente provastes o povo, / e um vinho atordoante nos destes.
R.
se vós, Deus, rejeitais vosso povo / e não mais conduzis nossas tropas? / Dai-nos, Deus, vosso auxílio na angústia; / nada vale o socorro dos homens!Mas com Deus nós faremos proezas, / e ele vai esmagar o opressor.
R.
Tira primeiro a trave do teu próprio olho.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 7, 1-5
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Não julgueis, e não sereis julgados.
Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, co a mesma medida com que medirdes.
Por que observas o cisco no olho do teu irmão, e não prestas atenção à trave que está no teu próprio olho?
Ou, como podes dizer ao teu irmão: 'deixa-me tirar o cisco do teu olho', quando tu mesmo tens uma trave no teu?
Hipócrita, tira primeiro a trave do teu próprio olho, e então enxergarás bem para tirar o cisco do olho do teu irmão.
Palavra da Salvação.

SÃO JOÃO FISHER, BISPO, E SÃO TOMÁS MORES, MÁRTIRES - SANTORAL

Jesus Cristo, de rico que era,
tornou-se pobre por causa de vós,
para que vos torneis ricos, por sua pobreza.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 8, 9-15
Irmãos:
Conheceis a generosidade de nosso Senhor Jesus Cristo: de rico que era, tornou-se pobre por causa de vós, para que vos torneis ricos, por sua pobreza.
Estou dando-vos um conselho a este respeito. É uma coisa boa para vós, pois, desde o ano passado, não somente tivestes a iniciativa de empreender essa obra, mas também fostes os primeiros a desejá-la.
Agora, portanto, acabai de realizá-la. Assim, aos vossos generosos propósitos corresponderá a completa realização, de acordo com os recursos de que dispondes.
Quando existe a boa vontade, ela é aceita segundo o que tem, e não segundo o que não tem.
Não se trata de vos colocar numa situação aflitiva para aliviar os outros; o que se deseja é que haja igualdade.
Nas atuais circunstâncias, a vossa fartura supra a penúria deles e, por outro lado, o que eles têm em abundância venha suprir a vossa carência.
Assim haverá igualdade, como está escrito: 'Quem recolheu muito não teve de sobra e quem recolheu pouco não teve falta'.
Palavra do Senhor.
Eis que venho fazer com prazer a vossa vontade, Senhor!
Esperando, esperei no Senhor, / e inclinando-se, ouviu meu clamor. Canto novo ele pôs em meus lábios, um poema em louvor ao Senho
R.
Sacrifício e oblação não quisestes, / mas abristes, Senhor, meus ouvidos; / não pedistes ofertas nem vítimas, / holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: 'Eis que venho!'
R.
Sobre mim está escrito no livro: 'Com prazer faço a vossa vontade, / guardo em meu coração vossa lei!'
R.
Boas-novas de vossa justiça / anunciei numa grande assembléia; / vós sabeis: não fechei os meus lábios!
R.
Foi do agrado do Pai dar a vós o Reino.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12, 32-34
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Não tenhais medo, pequenino rebanho, pois foi do agrado do Pai dar a vós o Reino.
Vendei vossos bens e dai esmola. Fazei bolsas que não se estraguem, um tesouro no céu que não se acabe; ali o ladrão não chega nem a traça corrói.
Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração'.
Palavra da Salvação.