Liturgia Diária

3ª-FEIRA DA 13ª SEMANA - TEMPO COMUM

Falou o Senhor Deus, quem não será seu profeta?
Leitura da Profecia de Amós 3, 1-8; 4, 11-12
Ouvi, filhos de Israel, a palavra que disse o Senhor para vós e para todas as tribos que eu retirei do Egito:
'Dentre todas as nações da terra, somente a vós reconheci; por isso usarei o castigo por todas as vossas iniqüidades.
Se duas pessoas caminham juntas, não é porque estão de acordo?
Se o leão ruge na selva, não é porque encontrou a presa? Se no covil rosna o filhote do leão, não é porque agarrou sua parte?
Acaso, sem armadilha, se prende uma ave no chão? Acaso dispara a armadilha, antes de capturar a presa?
Se ressoa na cidade o toque da trombeta, não fica a população apavorada? Se acontece uma desgraça na cidade, não foi o Senhor que fez?
Pois nada fará o Senhor Deus, que não revele o plano a seus servos, os profetas.
Ruge o leão, quem não terá medo? Falou o Senhor Deus, quem não será seu profeta?'
'Eu arrasei-vos, como arrasei Sodoma e Gomorra, e ficastes como um tição, retirado da fogueira; e, contudo, não voltastes para mim', diz o Senhor.
Por isso, assim te tratarei, Israel; e, porque sabes como te vou tratar, prepara-te, Israel, para ajustar contas com o teu Deus.
Palavra do Senhor.
Na vossa justiça guiai-me Senhor!
Não sois um Deus a quem agrade a iniqüidade, / não pode o mau morar convosco; nem os ímpios poderão permanecer / perante os vossos olhos.
R.
Detestais o que pratica a iniqüidade / e destruís o mentiroso. / Ó Senhor, abominais o sanguinário, / o perverso e enganador.
R.
Eu, porém, por vossa graça generosa, / posso entrar em vossa casa. / E, voltado reverente ao vosso templo, / com respeito vos adoro.
R.
Levantando-se, ameaçou os ventos e o mar,
e fez-se uma grande calmaria.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 8, 23-27
Naquele tempo:
Jesus entrou na barca, e seus discípulos o acompanharam.
E eis que houve uma grande tempestade no mar, de modo que a barca estava sendo coberta pelas ondas. Jesus, porém, dormia.
Os discípulos aproximaram-se e o acordaram, dizendo: 'Senhor, salva-nos, pois estamos perecendo!'
Jesus respondeu: 'Por que tendes tanto medo, homens fracos na fé?' Então, levantando-se, ameaçou os ventos e o mar, e fez-se uma grande calmaria.
Os homens ficaram admirados e diziam: 'Quem é este homem, que até os ventos e o mar lhe obedecem?'
Palavra da Salvação.

SANTOS PROTOMÁRTIRES DA IGREJA DE ROMA - SANTORAL

Nenhuma criatura será capaz de nos separar do amor
de Deus por nós, . manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8, 31b-39
Irmãos:
Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Deus que não poupou seu próprio filho, mas o entregou por todos nós, como não nos daria tudo junto com ele?
Quem acusará os escolhidos de Deus? Deus, que os declara justos?
Quem condenará? Jesus Cristo, que morreu, mais ainda, que ressuscitou, e está, à direita de Deus, intercedendo por nós?
Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação? Angústia? Perseguição? Fome? Nudez? Perigo? Espada?
Pois é assim que está escrito: 'Por tua causa somos entregues à morte, o dia todo; fomos tidos como ovelhas destinadas ao matadouro'.
Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou!
Tenho a certeza que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os poderes celestiais, nem o presente nem o futuro, nem as forças cósmicas,
nem a altura, nem a profundeza, nem outra criatura qualquer será capaz de nos separar do amor de Deus por nós, manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Palavra do Senhor.
Nossa alma como um pássaro escapou do laço que lhe armara o caçador.
Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, / quando os homens investiram contra nós, com certeza nos teriam devorado / no furor de sua ira contra nós.
R.
Então as águas nos teriam submergido, / a correnteza nos teria arrastado, e então, por sobre nós teriam passado / essas águas sempre mais impetuosas.
R.
O laço arrebentou-se de repente, / e assim nós conseguimos libertar-nos. O nosso auxílio está no nome do Senhor, / do Senhor que fez o céu e fez a terra!
R.
Por causa do meu nome,
vós sereis odiados por todas as nações.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 24, 4-13
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Cuidado, para que ninguém vos engane.
Porque muitos virão em meu nome, dizendo: `Eu sou o Messias!' E enganarão muita gente.
Vós ouvireis falar de guerras e rumores de guerra. Prestai atenção e não vos assusteis, pois essas coisas devem acontecer, mas ainda não é o fim.
Com efeito, uma nação se levantará contra outra, e um reino contra outro reino. Haverá fome e terremotos em vários lugares.
Mas tudo isso é o começo das dores.
Então os homens vos entregarão a maus tratos e à morte. E, por causa do meu nome, vós sereis odiados por todas as nações.
Muitos ficarão escandalizados, trairão uns aos outros e se odiarão.
Vão surgir muitos falsos profetas, que enganarão muita gente.
A maldade se espalhará tanto, que o amor de muitos esfriará.
Mas, quem perseverar até o fim, esse será salvo'.
Palavra da Salvação.