Liturgia Diária

2ª-FEIRA DA 2ª SEMANA - ADVENTO

É Deus mesmo que vem para vos salvar.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 35, 1-10
Alegre-se a terra que era deserta e intransitável, exulte a solidão e floresça como um lírio.
Germine e exulte de alegria e louvores. Foi-lhe dada a glória do Líbano, o esplendor do Carmelo e de Saron; seus habitantes verão a glória do Senhor, a majestade do nosso Deus.
Fortalecei as mãos enfraquecidas e firmai os joelhos debilitados.
Dizei às pessoas deprimidas: 'Criai ânimo, não tenhais medo! Vede, é vosso Deus, é a vingança que vem, é a recompensa de Deus; é ele que vem para vos salvar'.
Então se abrirão os olhos dos cegos e se descerrarão os ouvidos dos surdos.
O coxo saltará como um cervo e se desatará a língua dos mudos, assim como brotarão águas no deserto e jorrarão torrentes no ermo.
A terra árida se transformará em lago, e a região sedenta, em fontes d'água; nas cavernas onde viviam dragões crescerá o caniço e o junco.
Ali haverá uma vereda e um caminho; o caminho se chamará estrada santa: por ela não passará o impuro; mas será uma estrada reta em que até os débeis não se perderão.
Ali não existem leões, não andam por ela animais de predadores, nem mesmo aparecem lá; os que forem libertados, poderão percorrê-la,
os que o Senhor salvou, voltarão para casa. Eles virão a Sião cantando louvores, com infinita alegria brilhando em seus rostos: cheios de gozo e contentamento, não mais conhecerão a dor e o pranto.
Palavra do Senhor.
Eis que vem o nosso Deus! Ele vem para salvar.
Quero ouvir o que o Senhor irá falar: / é a paz que ele vai anunciar; a paz para o seu povo e seus amigos, / para os que voltam ao Senhor seu coração. Está perto a salvação dos que o temem, / e a glória habitará em nossa terra.
R.
A verdade e o amor se encontrarão, / a justiça e a paz se abraçarão; da terra brotará a fidelidade, / O Senhor nos dará tudo o que é bom, / e a nossa terra nos dará suas colheitas; a justiça andará na sua frente / e a salvação há de seguir os passos seus.
R.
Hoje vimos coisas maravilhosas!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 5, 17-26
Um dia Jesus estava ensinando. É sua volta estavam sentados fariseus e doutores da Lei, vindos de todas as aldeias da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E a virtude do Senhor o levava a curar.
Uns homens traziam um paralítico num leito e procuravam fazê-lo entrar para apresentá-lo.
Mas, não achando por onde introduzi-lo, devido à multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o desceram com o leito no meio da assembléia diante de Jesus.
Vendo-lhes a fé, ele disse: Homem, teus pecados estão perdoados.
Os escribas e fariseus começaram a murmurar, dizendo: Quem é este que assim blasfema? Quem pode perdoar os pecados senão Deus?
Conhecendo-lhes os pensamentos, Jesus respondeu, dizendo: 'Por que murmurais em vossos corações?
O que é mais fácil dizer: 'teus pecados estão perdoados', ou dizer: 'levanta-te e anda'?
Pois, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder de perdoar os pecados - disse ao paralítico - eu te digo: levanta-te, pega o leito e vai para casa'.
Imediatamente, diante deles, ele se levantou, tomou o leito e foi para casa, louvando a Deus.
Todos ficaram fora de si, glorificavam a Deus e cheios de temor diziam: 'Hoje vimos coisas maravilhosas!'
Palavra da Salvação.

SANTO AMBRÓSIO, BISPOS E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

Anunciar aos pagãos
a insondável riqueza de Cristo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 3, 8-12
Irmãos:
Eu, que sou o último de todos os santos, recebi esta graça de anunciar aos pagãos a insondável riqueza de Cristo
e de mostrar a todos como Deus realiza o mistério desde sempre escondido nele, o criador do universo.
Assim, doravante, as autoridades e poderes nos céus conhecem, graças à Igreja, a multiforme sabedoria de Deus,
de acordo com o desígnio eterno que ele executou em Jesus Cristo, nosso Senhor.
Em Cristo nós temos, pela fé nele, a liberdade de nos aproximarmos de Deus com toda a confiança.
Palavra do Senhor.
Ó Senhor, eu cantarei eternamente vosso amor.
Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, / de geração em geração eu cantarei vossa verdade!Porque dissestes: 'O amor é garantido para sempre!' / E a vossa lealdade é tão firme como os céus.
R.
'Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, / e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, / de geração em geração garantirei o teu reinado!'
R.
Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor, / e o ungi, para ser rei, com meu óleo consagrado. Estará sempre com ele minha mão onipotente, / e meu braço poderoso há de ser a sua força.
R.
Minha verdade e meu amor estarão sempre com ele, / sua força e seu poder por meu nome crescerão. Ele, então, me invocará: `Ó Senhor, vós sois meu Pai, / sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação'!
R.
O bom pastor dá a vida por suas ovelhas.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 10, 11-16
Naquele tempo, disse Jesus:
'Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas.
O mercenário, que não é pastor e não é dono das ovelhas, vê o lobo chegar, abandona as ovelhas e foge, e o lobo as ataca e dispersa.
Pois ele é apenas um mercenário e não se importa com as ovelhas.
Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem,
assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai. Eu dou minha vida pelas ovelhas.
Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil: também a elas devo conduzir, escutarão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor'.
Palavra da Salvação.